quarta-feira, 2 de julho de 2014

quebrando cativeiros

Quebrando cativeiros Texto: Lucas 13.10-13 Como é triste observarmos a nossa realidade e percebermos que existem muitas pessoas aprisionadas em sentimentos,comportamentos e atitudes que os escravizam. 1.Cativeiro é um lugar de grande angústia, medo e desesperança. Parece que não há saída. 2.Ninguém vai para um cativeiro por livre vontade, pois ninguém quer estar lá. As pessoas lutam a fim de evitar este lugar, mas acabam sem forças, sendo apanhadas. 3.Só é levado para um cativeiro caso haja um motivo. O indivíduo é preso, pois cometeu uma infração. Só está sob cativeiro espiritual quem deu lugar ao diabo. No caso desta filha de Abraão, a Bíblia não nos revela o que a levou a essa condição. 4.No cativeiro, existe um monitoramento, ou seja, guardas que vigiam o local. Além de se estar preso, há seres espirituais que cuidam para que o indivíduo continue neste estado de prisão. 5.E um lugar onde ninguém quer estar, mas de onde não se consegue sair. Quem se encontra em um cativeiro ou tem uma área de sua vida aprisionada, não consegue, por exemplo, se ver livre de um pensamento, de um sentimento, de uma vontade, de um vício e de pecados que são verdadeiras ataduras. 6. Um cativeiro pode ser invisível do ponto de vista espiritual. Talvez a grande maioria de pessoas que esteja nesta situação ainda não se deu conta disto. Às vezes, até mesmo os que convivem com os cativos como tais. No caso desta filha de Abraão, todos ficaram perplexos diante da sua libertação recebida, pois, para aquela congregação, aquela enfermidade mais parecia um mal natural do que espiritual. Grande foi a surpresa! GENTE ENCURVADA Enquanto Jesus ensinava numa sinagoga, provavelmente Pela última vez em seu ministério terreno (pelo menos Esse é o último registro de Jesus ensinando em uma sinagoga), algo surpreendente aconteceu... E é para este fato surpreendente que Lucas chama a Nossa atenção. Note bem... LUCAS, PORTANTO, QUER CHAMAR A NOSSA ATENÇÃO PARA O ESTADO DESTA MULHER! VEJAMOS... 1) ELA VIVIA SOB A INFLUÊNCIA DE UM DEMÔNIO (v. 11) Tinha um espírito que lhe causava uma enfermidade Possessa ela não estava, pois conseguia ir e vir; também conseguia controlar os seus atos. Mas essa mulher, não menos trágico do que estar possessa, vivia sob a dolorosa influência de um espírito que lhe causava enfermidade. 2) ELA SOFRIA HÁ DEZOITO ANOS (v. 11) 3) ELA CONVIVIA COM DORES INSUPORTÁVEIS (v. 11) Quando os ossos da coluna se fundem numa massa rígida; Sua enfermidade deveria ser também muito dolorosa, Como geralmente ocorre com tais condições que afetam A coluna vertebral. 4) ELA JÁ TINHA TENTADO DE TUDO (v. 11) 5) ELA ERA UMA MULHER DE FÉ (v. 16) E esta filha de Abraão, 6) ELA PERDEU O SABOR DE MUITAS COISAS BOAS DA VIDA (v. 10-11) Observe as lições de vida que Lucas destaca na prática de vida dessa mulher.A narrativa é pequena, mas inesgotável 1) NÃO ENTREGUE OS PONTOS (v. 11) Não conseguia endireitar--‐se de modo algum Veja o lado positivo desta triste informação. Qual é? Essa mulher nunca parou de Tentar todos os modos de melhorar! Ela nunca entregou os pontos. 2) NÃO PERCA A FÉ (v. 16) Lucas nos diz que ela era “filha de Abraão”. Ou seja, mulher de fé. Ela nunca perdeu sua fé. 3) NÃO ABANDONE A COMUNHÃO DA IGREJA (v. 11) Esta mulher tinha todos os motivos do mundo para não ir à igreja, mas não agia assim. 4. Priorize a palavra de Deus.v 11 O que essa mulher foi fazer na sinagoga? Note bem que na sequência da narrativa de Lucas, Jesus não está operando milagres! Pelo contrário, ele está proferindo uma série de Parábolas. Se há algo que ela talvez estivesse buscando, era como não ser achada infrutífera, pois é Exatamente disto que Lucas acabou de tratar (Lc 13.6--‐9)! 5) NÃO ADIE UMA DECISÃO AO OUVIR A VOZ DE DEUS (v. 12--‐13) 12 Vendo-‐a,Jesus a chamou e lhe disse: 6.não deixe de celebrar sua vitoria. Quando é que podemos experimentar uma libertação dos cativeiros. 1.quando a graça de Deus olha com favor para nós. V 12. Vendo-a 2.Quando Deus nos fala com poder. V 12 Chamou a mulher... 3) QUANDO DEUS NOS TOCA COM AMOR (v. 13) E impondo-lhe as mãos,

Um comentário:

Janete Almeida disse...

MUITO BOM PARTOR MATOS, SAUDADES DAS SUAS MINISTRAÇÕES PARABÉNS PELO PELO TRABALHO ABRAÇOS...